Skip navigation

Category Archives: Marketing Viral

A agência TBWA criou um viral para a Nissan que circula na internet há alguns dias.

Para promover o modelo Qashqai o spot é baseado no comercial Balls da Sony Bravia que encantou em 2008:

A idéia da Nissan foi usar bolas de bowlling – no lugar de lindas bolas de borracha coloridas – e jogá-las pelas ruas resultando num autêntico Urban Bowlling onde somente o Qashqai sai intocável.

O novo vídeo da Pixar para divulgar o filme “Toy Story 3” foi lançado como um viral nos moldes dos comerciais dos anos 80.

Um dos novos personagens da animação, o urso de pelúcia Lots-O-Huggin, é o produto mostrado no teaser. Ao todo, serão 14 brinquedos que vão estrelar na continuação.

O que já se sabe é que, na nova fase do grupo, Andy (o dono dos brinquedos que protagonizam o filme) está começando a faculdade e ficando mais maduro. Com essa mudança, os brinquedos são doados a um orfanato. Porém, Andy fica com o seu caubói Woddy que será encarregado de resgatar seus amigos!

A animação tem previsão de estreia no Brasil no dia 25 de junho. Então agora é só aguardar!

Foi veiculado no Super Bowl um comercial super simples mas lindo!

Parte da campanha “Search Stories“, o vídeo já estava no youtube há quase três meses e é criação interna do Google Creative Labs.

A idéia era relatar as buscas de um apaixonado por uma pessoa de outro país e mostrar que é possível transmitir sentimentos apenas com imagens do buscador mais famoso do mundo. E, com certeza, a idéia atingiu o objetivo! Você não acha?

O cantor canadense Dave Carroll ficou famoso por contar o drama de seu violão quebrado enquanto viajava pela United Airlines.

O clipe com a música “United Breaks Guitars” foi colocado no YouTube no inicio de julho e já foi assistido quase quatro milhões de vezes; sem contar que a música também é vendida pelo iTunes e no site da banda por 99 centavos de dólar.

A música conta os acontecimentos infelizes de Carroll com a United sobre seu violão com 10 anos de idade e avaliado em 3.500 dólares, quebrado durante o transporte de bagagem numa viagem com sua banda entre a cidade canadense de Halifax e Nebraska, nos Estados Unidos.

Depois de muito tentar um reembolso pelo violão quebrado e aturar o impasse entre a United e a Air Canada, o cantor escreveu em um e-mail que faria uma trilogia de músicas e colocaria na internet, mas ninguém respondeu o e-mail dele.

No entanto, um dia depois do vídeo estar no YouTube, a United já começou a procurar Carroll e ofereceram 1.200 dólares  em dinheiro e mais 1.200 dólares em bônus para voar. Mas Caroll não aceitou!

O que podia ser apenas um desabafo de um cliente insatisfeito já causa grande impacto para a United. Especula-se que as perdas sofridas pela companhia superam 180 milhões de dólares com a queda de mais de 10% nas ações depois de que o vídeo foi ao ar.

Fonte: Portal Exame

Seguindo na onda do post anterior (sobre marketing viral) achei legal comentar sobre a ação realizada pela Tic-Tac. A empresa patrocinou Micha Albacow, um garoto de 16 anos, para fazer peripécias musicais com caixinhas de tic-tac ao redor do mundo. Uma idéia ótima e simples.. que deu muito o que falar!